top of page

Divergências Morfogenéticas

Divergências morfogenéticas consiste nas variações na forma e na estrutura da escrita à mão que podem ser indicativas de possíveis discrepâncias ou alterações na autenticidade de uma assinatura.

Essas divergências são frequentemente analisadas em investigações de documentos para determinar se uma assinatura é genuína ou falsificada.


Aqui estão alguns exemplos de divergências morfogenéticas que se encontram na confrontação dos padrões:



  • Traços Fundamentais

Variações nos traços básicos, como o estilo geral de escrita, o ângulo das letras e a pressão aplicada ao papel.

  • Tamanho e Proporção

Diferenças no tamanho relativo das letras, espaçamento entre palavras, espaçamento entre letras e proporções gerais das letras em comparação com assinaturas de referência conhecidas.

  • Características Específicas

Mudanças nas características específicas da escrita, como a forma de letras individuais, loops, pontos de partida e paradas de letras, inclinação, entre outros.

  • Fluência da Assinatura

Falhas na fluidez da assinatura, como hesitações ou interrupções na escrita, podem ser indicativas de que a assinatura foi forjada.

  • Pressão e Velocidade

Diferenças na pressão aplicada ao papel e na velocidade de escrita podem afetar a aparência das letras e linhas.

  • Inconsistências

Inconsistências na escrita entre várias instâncias da mesma assinatura, como variações significativas entre documentos diferentes.


Ao analisar essas divergências morfogenéticas, os peritos grafotécnicos procuram identificar quaisquer padrões ou características que possam indicar que a assinatura em questão não foi escrita pela pessoa cujo nome está assinado. Essa análise é essencial em investigações legais para determinar a autenticidade de documentos e assinaturas.

18 views0 comments

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
  • Whatsapp
bottom of page